CHEGAMOS A 1.000.000

CHEGAMOS A 1 MILHÃO DE ACESSOS. OBRIGADO;

segunda-feira, 31 de outubro de 2016

POSSE DO PREFEITO, VICE E VEREADORES SERÁ DIA 1º DE JANEIRO DE 2017, AS 19 HORAS


A posse do Prefeito Eleito de Além Paraíba, Miguel Belmiro de Souza Júnior, do Vice Paulo Henrique Marinho Goldstein e dos Vereadores eleitos em 2 de outubro será as 19 horas do dia 1º de Janeiro de 2017. Por tradição, é o Prefeito eleito que escolhe a hora que pretende tomar posse. A informação foi passada pelo próprio Prefeito eleito para o Vice Presidente da Câmara, Vereador Dauro Machado, responsável pela organização do Cerimonial da posse.

Sessão longa

A Sessão de posse é naturalmente uma solenidade longa. Na  verdade são duas sessões solenes da Câmara Municipal juntas; a primeira começa com a auto posse dos Vereadores com o juramento. Em seguida ocorre a eleição para os cargos de Presidente, Vice Presidente, Primeiro Secretário e Segundo Secretário da Câmara Municipal. Os eleitos para a Mesa da Câmara são empossados ocorrendo em seguida os pronunciamentos dos Vereadores. Terminado o pronunciamento a sessão é encerrada e nossa Sessão Solene é aberta quanto então é dada posse ao Prefeito, Vice Prefeito. A partir deste momento o Cerimonial passa para o Prefeito e Vice Prefeito. O Prefeito que deixou o cargo passa então os livros contábeis e as chaves da Prefeitura para o Prefeito empossado que em seguida dá posse a seus Secretários. Por mais dinâmica que seja toda a cerimônia leva aproximadamente 3 horas de duração.


sexta-feira, 28 de outubro de 2016

SECRETÁRIO DE ADMINISTRAÇÃO PROMOVE REUNIÃO POLÍTICA HOJE NO REX CLUBE COM GRUPOS POLÍTICOS, VEREADORES ELEITOS E DERROTADOS.

Um Vereador eleito confidenciou ao Jornal A Gazeta que foi convidado para uma reunião hoje no Rex Clube com Vereadores que foram eleitos, com candidatos que perderam a eleição, com grupos políticos derrotados na última eleição. A reunião está sendo promovida pelo Secretário de Administração e genro do atual Prefeito,  Bruno Barros A fonte nos informou que ele não era comparecer e que não faz idéia do motivo da reunião. A reportagem do Jornal A Gazeta manteve contato com o Secretário mas o Secretário educadamente não respondeu a razão da reunião mas não desmentiu a notícia. Bruno Barros segundo apuramos estaria iniciando a articulação de um grupo político para fazer oposição ao Prefeito eleito Miguel Belmiro Júnior. Uma outra fonte dizem ainda que Bruno Barros também estaria articulando para que o Presidente da Câmara a ser eleito seja oposição ao Prefeito eleito. Vale registrar que Secretário de Administração perde seu cargo em 31 de dezembro de 2016, juntamente com o mandato de seu sogro o atual Prefeito Fernando Lúcio Donzeles. 

quinta-feira, 27 de outubro de 2016

FERNANDO MANDA PROJETO CRIANDO ATRIBUIÇÕES DOS CARGOS DE ASSESSOR TÉCNICO SETORIAL, CARGO DE GESTOR DO FUNDO E MAIS CARGOS PARA SEREM PREENCHIDOS POR CONCURSADOS

O Prefeito Fernando Lúcio Donzeles encaminhou para a Câmara Municipal para que esta aprove ainda este ano 3 projetos de Lei referente a cargos na Administração Municipal. Pelo menos dois desses projetos estão sendo enviados por recomendação do Ministério Público de Além Paraíba. Existe na Prefeitura nove cargos de Assessor Técnico Setorial. Estes Assessores tem salários de R$3.784,00 e somente os Secretários Municipais recebem valor no entanto não são claras as funções de tais cargos. O Ministério Público quer que a Prefeitura especifique a atribuição dos cargos de Assessor Técnico Setorial, ou seja que fique claro na Lei quais são as obrigações de cada um dos Assessores Técnicos Setoriais. Fernando Lúcio está criando em um Projeto de Lei tais atribuições. Também por exigência da Promotora de Justiça Sandra Ban, o Prefeito enviou Projeto de Lei criando o cargo de Gestor do Regime de Previdência dos Servidores - RPPS. O Regime próprio também conhecido como "fundão" é o que paga os salários dos servidores da Prefeitura que se aposentam. A criação do cargo de Gestor é necessário para segundo o Prefeito para que uma pessoa possa ser nomeada apenas para cuidar do RPPS com salário 3.784,00. O terceiro projeto que o Prefeito enviou é criando cargos de carreira da Prefeitura. Segundo Fernando quando o concurso foi realizado só foram disponibilizadas as vagas que de fato estava sem provimento mas a Prefeitura segundo ele de criar outros cargos para serem preenchidos por concursados que foram aprovados no último processo seletivo realizado pelo próprio Prefeito. Fernando afirma que a criação de novos cargos para os concursados dará possibilidades ao novo Prefeito de prosseguir nomeando os aprovados no concurso na medida em que necessite de dar provimento a essas funções. Todos os projetos têm pedido de tramitação de urgência e deverão ser votados na Sessão de 31 de Outubro de 2016, as 14 horas.

ATUALIZAÇÃO DE NOTÍCIA: PREFEITO ELEITO NOMEIA OFICIALMENTE A COMISSÃO DE TRANSIÇÃO QUE TEM NOVOS NOMES

Segundo informou o Jornal Além da Notícia, de Alessandro Nascimento, em seu site na internet, foi protocolada ontem por parte do Prefeito eleito Miguel Belmiro de Souza Júnior sua Comissão de Transição. Os nomes que integram a Comissão por parte do atual Prefeito são aqueles já noticiados aqui em matéria anterior no entanto a Comissão escolhida pelo Prefeito eleito está composta por novos nomes que não tínhamos conhecimento mas que foi tornado público através do Jornal Além da Notícia. Conheça os integrantes:
Fernando Ferreira - Advogado - Coordenador da Comissão
Alexandre Ferreira da Cruz - Advogado (Jurídico)
Mara Caçador Cerqueira - (educação) Secretária da Comissão
Bethânia Reis de Souza Gracioli - (saúde)
Ricardo Otero - Engenheiro (Obras)
Domingos Alexandre - Engenheiro (Obras)
Mauri Felipe (Administração e Finanças)
Vereador Neidson  Baião (Cultura, Esporte, Lazer e Turismo)
Maria Bernadete (Assistência Social)

quarta-feira, 26 de outubro de 2016

REUNIÃO ENTRE EXECUTIVO, LEGISLATIVO E MINISTÉRIO PÚBLICO DEIXA CLARO QUE OS PROJETOS DE LEI QUE REGULAMENTAM CARGA HORÁRIA DOS SERVIDORES PODE TRAMITAR. O PREFEITO VAI ENVIAR AS MATÉRIAS


O Vereador Dauro Machado, Vice Presidente da Câmara Municipal de Além Paraíba participou hoje, 26 de outubro de uma reunião no Gabinete do Promotor de Justiça Dr. José Gustavo Guimarães da Silva. A reunião aconteceu a pedido do Prefeito Fernando Lúcio Donzeles e Dauro Machado representou o Presidente da Câmara que se encontrava em viagem. Além do Vereador Dauro, participou da reunião o Secretário de Administração Bruno Barros. O encontro discutiu a questão dos projetos de lei do Poder Executivo que regulamentam a carga horária dos servidores públicos do Município de Além Paraíba. O Prefeito enviou os projetos durante o período eleitoral e em razão disso, pelas vedações da Lei Eleitoral, os Vereadores sobrestaram a matéria sem análise. Com o término das eleições o Prefeito informou ao Presidente da Câmara que pretende resolver antes de sair a questão da carga horária dos servidores e que gostaria que a Câmara votasse as proposições. A Câmara havia devolvido as matérias ao Prefeito em 17 de outubro por entender que o assunto deveria ser tratado pelo novo Prefeito e também por interpretações de que não se pode conceder ou cortar qualquer benefício aos servidores 3 meses antes ou depois das eleições. O Secretário Bruno fez essas colocações ao Promotor José Gustavo que afirmou que o Ministério Público não é órgão de consulta mas que não havia impedimento dos projetos tramitarem considerando que as eleições já ocorreram e que o atual Prefeito sequer foi candidato. O Vereador Dauro Machado informou ao Promotor e ao Secretário de Justiça que repassará o teor da reunião ao Presidente da Câmara e aos demais colegas. O Secretário de Administração informou que ainda hoje o Prefeito vai remeter as matérias para a Câmara. Os Projetos têm pedido de urgência urgentíssima e portanto, pelo regimento, devem ser discutidos e votados na próxima segunda feira, podendo pela complexidade da matéria ser votado na sessão da semana seguinte após parecer de comissão conjunta se assim deliberar o Plenário que é soberano.

PROMOTOR JOSÉ GUSTAVO INGRESSOU COM AÇÃO CIVEL CONTRA PREFEITA DE VOLTA GRANDE POR FRAUDE NA TRANSFERÊNCIA DE TÍTULOS E PEDE QUE ELA SE TORNE INELEGÍVEL


O Promotor Eleitoral de Além Paraíba, que também é responsável pelo Município de Volta Grande informou a reportagem do Jornal A Gazeta que já ingressou com ação  contra a atual Prefeita de Volta Grande, Senhora Eliana Quintão, derrotada nas últimas eleições. A ação cível foi interposta pelo Promotor em razão da FRAUDE NA TRANSFERÊNCIA DE TÍTULOS ELEITORAIS DE ALÉM PARAÍBA PARA VOLTA GRANDE.

RELEMBRE A HISTÓRIA
Em maio passado, próximo a data limite de transferências de títulos eleitorais, o cartório eleitoral detectou uma série transferências de títulos de eleitores de Além Paraíba, em sua maioria do Goiabal para o Município de Volta Grande. Concomitantemente a detecção do Cartório Eleitoral vieram denúncias de que a Prefeita e seu atual vice havia montado um esquema fraudulento dando dinheiro para que as pessoas transferissem seus títulos para Volta Grande. Num Município pequeno a transferência de 50 ou 100 títulos de eleitores pode mudar o resultado de uma eleição. As investigações prosseguiram e o Promotor eleitoral pede na ação entre outras penalidades como multa a INELEGIBILIDADE DA ATUAL PREFEITA.

JÁ INELEGÍVEL
Na verdade a Prefeita Eliana Quintão está inelegível pois teve suas contas reprovadas pela Câmara Municipal de Volta Grande. O Supremo Tribunal Federal decidiu que a última palavra na aprovação ou não de contas dos gestores municipais são das Câmaras de Vereadores. Eliana só conseguiu concorrer a reeleição graças a uma liminar cujo mérito ainda não foi julgado.

TEREMOS AÇÃO CRIMINAL
O Promotor Eleitoral ainda afirmou que a Procuradoria de Justiça do Estado de Minas Gerais vai propor também ação criminal contra a Prefeita. Se a ação criminal for proposta até 31 de dezembro o processo começará a correr no Tribunal Regional Eleitoral já que Eliana enquanto Prefeita tem prerrogativa de fôro mas no momento em que perder o mandato o processo volta para a primeira instância da Justiça Eleitoral.


terça-feira, 25 de outubro de 2016

PREFEITO NOMEIA COMISSÃO DE TRANSIÇÃO. FONTES AFIRMAM QUE MIGUELZINHO TAMBÉM JÁ TEM SEUS NOMES

O Prefeito Municipal Fernando Lúcio nomeou quatro servidores públicos para compor a comissão de transição de governo. Essa Comissão existe para a troca de informações entre o Prefeito que está no cargo e o que tomará posse e o objetivo maior é que o novo Prefeito assuma o mandato ciente da real situação da Prefeitura. Fernando Lúcio está nomeando as servidoras Cristiane Perácio Silveira (atual Chefe do Controle Interno), Marta Valéria Nasser (Servidora da Secretaria de Finanças), Cristina Torres (Servidora do Patrimônio) e Dra. Michele Toledo Xavier (Procuradora do Município). Segundo uma fonte, o Prefeito eleito Miguel Belmiro de Souza Júnior já tem também seus nomes entre eles estaria a Professora Mara Caçador Cerqueira (para transição na Secretaria de Educação), o Advogado Fernando Silva Ferreira (especialista em direito administrativo), Vereador Neidson Barros Gonçalves (para transição na Secretaria de Cultura, Esporte, Lazer e Turismo), Bethânia Reis de Souza Graciolli (para transição na Secretaria de Saúde) e Mauri Felipe, servidor aposentado do BNDES que segundo a fonte coordenará os trabalhos por seu grande conhecimento em gestão pública. Os nomes que vão compor a Comissão por parte do Prefeito são oficiais, informados por ele já os nomes que estariam compondo a Comissão por parte do Prefeito eleito foram obtidos por uma fonte mas não há confirmação oficial por parte de Miguelzinho. A Comissão de Transição começa a trabalhar segundo Fernando Lúcio no dia 3 de novembro próximo.

PREFEITO QUER QUE A ATUAL CÂMARA DELIBERE SOBRE A POLÊMICA QUESTÃO DA CARGA HORÁRIA DOS SERVIDORES


O Prefeito Fernando Lúcio quer que a atual Câmara Municipal delibere sobre a polêmica questão da carga horária dos servidores do Município. A complexa questão é aquela que trata da carga horária de 6 ou 8 horas diárias de jornada de trabalho do funcionalismo. Para relembrar, em 1997, sem condições de dar aumento ao funcionalismo por não ter encontrado a Prefeitura em condições financeiras para tal procedimento o então Prefeito Miguel Belmiro de Souza (já falecido) fez um acordo com os servidores e reduziu a carga horária de 8 para 6 horas diárias. O atual Prefeito, Fernando Lúcio, recebeu do Ministério Público do Estado uma determinação para que os servidores da Secretaria Municipal de Saúde  trabalhassem a jornada diária  prevista no Edital quando submeteram-se ao concurso público para os cargos que ocupam. O Prefeito então estendeu a carga para 8 horas diárias para todos os servidores. A questão tornou-se confusa, haviam servidores que cumpriam as 8 horas, outros não cumpriam, ficando assim a questão . No período eleitoral o Prefeito enviou para a Câmara projetos de Lei para regulamentar a carga horária. Os projetos prevêm 6 horas para determinadas categorias e 8 horas para outras. A Câmara entendeu na ocasião que como a Lei Eleitoral proíbe no período que antecede 90 dias da eleição qualquer benefício aos servidores que a matéria não deveria ser votada, deixando os projetos sobrestados. A Lei Eleitoral fala em 3 meses antes e 3 meses depois da eleição, por isso, a Câmara na sessão de 17 de outubro resolveu devolver os projetos ao Prefeito, até porque, restando-lhe pouco mais de 2 meses de mandato, entendeu ainda que o novo Mandatário e a nova Câmara poderiam deliberar com mais calma sobre a matéria inclusive realizando audiências públicas com os servidores. O Prefeito no entanto, fez contato com a Mesa Diretora da Câmara e insistiu que os projetos tramitem e sejam votados ainda este ano. A Procuradora da Prefeitura Dra. Michele Toledo e o Secretário de Administração Bruno Barros estiveram reunidos com o Promotor Eleitoral, Dr. José Gustavo Guimarães que segundo ambos afirmou não ver qualquer impedimento dos projetos tramitarem no período atual até porque o atual Prefeito sequer foi candidato. Amanhã, 26 de Outubro, haverá uma reunião entre o Promotor Eleitoral, o Secretário de Administração Bruno Barros, a Procuradora da Câmara Michelle Toledo e o vice Presidente da Câmara Dauro Machado (O Presidente da Câmara estará em viagem) para que seja definido se os projetos podem ou não tramitar no momento. O Prefeito quer remeter os projetos para a Câmara com pedido de urgência para que sejam votados.

SECRETÁRIO DE JUSTIÇA VAI AO MINISTÉRIO PÚBLICO E QUESTIONA O VALOR DO SUBSÍDIO DOS VEREADORES


O Secretário de Justiça, Dr. Bruno Barros (foto), afirmou ao Jornalista Dauro Machado que a Promotora de Justiça de Além Paraíba, Dra. Sandra Ban, iria convocar uma reunião com a Mesa Diretora da Câmara para discutir o aumento do subsídio dos Vereadores que a partir do ano que vem será de R$5.500,00 brutos, aproximadamente R$4.300,00 líquidos. Segundo o Secretário a Promotora iria ingressar com uma ação e os Vereadores que tomarem posse em janeiro próximo se recebessem tal subsídio teriam de devolver o dinheiro. Segundo Dr. Bruno o "subsídio dos Vereadores praticamente dobrou", deixando transparecer julgar absurdo o aumento. O Jornalista Dauro Machado, que também é Vereador em final de mandato e não se candidatou a reeleição saiu da Prefeitura e foi diretamente ao Fórum Nelson Hungria solicitando ser atendido pela Promotora Sandra Ban. Deixando claro que se encontrava no local como JORNALISTA perguntou a Promotora em questão se de fato a haveria por parte do Ministério Público algum questionamento sobre o subsídio dos Vereadores. A PROMOTORA DE JUSTIÇA RESPONDEU QUE NÃO HAVIA RECEBIDO DE QUALQUER PESSOA UMA PROVOCAÇÃO SOBRE O ASSUNTO E QUE O SECRETÁRIO DE JUSTIÇA BRUNO BARROS FOI QUEM A PROCUROU FAZENDO QUESTIONAMENTO SOBRE O VALOR DO SUBSÍDIO DOS VEREADORES FICANDO DE LEVAR PARA DOCUMENTOS, ENFIM UMA DENÚNCIA. Pelos antecedentes do Secretário a reportagem do Jornal A Gazeta prefere crer nas afirmações da Promotora. Portanto, é o Secretário Bruno Barros que levou o assunto à Promotora.

LEGALIDADE

O subsídio dos Vereadores em 2012 FOI REDUZIDO PELOS VEREADORES DE ENTÃO, pois não havia caberia qualquer aumento no valor do subsídios sem que fosse necessário a demissão de servidores não concursados e assessores. Optou-se em 2012 a manter os empregos e reduzir o salário dos Vereadores APESAR DE NA ÉPOCA O SALÁRIO DOS SECRETÁRIOS DOBRAR DE 3 PARA 6 MIL REAIS. Revendo os arquivos do Jornal A Gazeta não encontramos registro de qualquer posicionamento contrário do Secretário Bruno Barros sobre o aumento de 100 por cento no salário dos Secretários, pelo contrário, em nossos arquivos temos sim a indignação do nobre Secretário quando o Vereador Reginaldo Estevanin tentou apresentar projeto de lei reduzindo para R$4.500,00 o salário dos Secretários Municipais. O subsídio dos Vereadores só é aumentadoi de 4 em 4 anos, no último ano de mandato, antes da eleição e só valendo para o ano seguinte. Na verdade, o subsídio dos Vereadores pode ser no valor de 75 por cento do subsídio de um Deputado Estadual, PORTANTO ESTÁ ABAIXO DO LIMITE. O subsídio aprovado para 2017 foi votado antes da eleição, respeitando o princípio da anterioridade, DENTRO DOS LIMITES ORÇAMENTÁRIOS, votado 180 dias antes do término do mandato como prevê a Lei de Responsabilidade Fiscal, com impacto financeiro PORTANTO RIGOROSAMENTE DENTRO DA LEGALIDADE, o Jornalista Dauro Machado aí como Vice Presidente da Câmara informou a Promotora de todos estes detalhes.

ANÁLISE

A presente matéria serve para que se façam algumas análises: - O Vereador é um representante do Povo em tempo integral, pode questionar a atuação de cada uma deles mas sem esquecer que se ali estão é por que foram eleitos dentro das regras legais. Para um bom Vereador um salário justo é merecido, para um Vereador que não produz, que é subserviente ao Poder Executivo, que apenas vai as reuniões mas não discute as matérias, qualquer salário, por menor que seja é muito. O Secretário Bruno Barros, QUE PERDE A FUNÇÃO NO DIA 31 DE DEZEMBRO DE 2016 AS ZERO HORA realmente parece ter se equivocado quando relatou que a Promotora de Justiça estaria questionando o subsídio dos Vereadores; a colocação certa é  O SECRETÁRIO DE JUSTIÇA OU ADMINISTRAÇÃO, OU OS DOIS, ENFIM, O GENRO DO SENHOR PREFEITO FOI QUEM QUESTIONOU A PROMOTORA SOBRE A QUESTÃO. AS RAZÕES DE TAL QUESTIONAMENTO NÃO SE SABE ATÉ PORQUE QUANDO O SALÁRIO DOS SECRETÁRIOS MUNICIPAIS FOI DOBRADO DR. BRUNO BARROS FICOU SOLENEMENTE CALADO E PARECE NÃO TER ACHADO ABSURO. PARA CONCLUIR VALEMOS DE DOIS DITADOS POPULARES: NO DOS OUTROS É REFRESCO E FARINHA POUCA MEU PIRÃO PRIMEIRO.

segunda-feira, 24 de outubro de 2016

VIROU MODA: MAIS UMA FARMÁCIA (DROGARIA OLIVERA) FOI ASSALTADA NA TARDE DE HOJE, 24 DE OUTUBRO


Mais uma farmácia que faz serviço de correspondente bancário foi assaltada em Além Paraíba na tarde de 24 de outubro em plena luz do dia. O malote com dinheiro que iria para o banco ao qual a farmácia presta serviços foi roubado. A Polícia Civil já está trabalhando no caso e uma fonte da Delegacia de Além Paraíba afirmou que a investigação está caminhando em duas linhas, uma delas tem um suspeito do assalto do Morro do Cipó e há uma  outra é que pode haver envolvimento de pessoas ligadas ao estabelecimento. A Polícia está trabalhando.

CÂMARA APROVA PROJETO QUE ALTERA DE CURSO SUPERIOR PARA ENSINO MÉDIO O GRAU DE ESCOLARIDADE DOS CHEFES DE GABINETE


A Câmara Municipal de Além Paraíba votou e aprovou em 24 de Outubro de 2016 Projeto de Lei de autoria do Vereador Gelson Luiz de Moura (Bi), alterando o grau de escolaridade dos Chefes de Gabinete dos Vereadores. Pela Lei em vigor até então os Chefes de Gabinete deveriam ter curso superior completo. O Vereador Gelson Luiz de Moura entendeu que era uma exigência exagerada considerando que o salário líquido de um Chefe de Gabinete na Câmara é de aproximadamente R$1.200,00 e o de Assessor pouco mais que salário mínimo. A iniciativa do Vereador encontrou eco no Plenário da Câmara. Muitos Vereadores comungaram da opinião do Vereador Bí que questionava quem se sujeitaria depois de anos de faculdade a um cargo com um salário que não chega a um salário mínimo e meio. O Projeto foi votado em 2 turnos e segue para sanção do Prefeito Municipal. A votação ocorreu pelo sistema normal. Veja como votou cada Vereador: A FAVOR: GELSON LUIZ DE MOURA, DAURO MACHADO, WELLINGTON JÚNIOR SILVA, NEIDSON BARROS GONÇALVES, MAURO DA TURMA, CABO COELHO, ROBERTO TOLENTINO, FRANCISCO ANTÔNIO NUNES, JOÃO DO DETRAN. ABSTENÇÃO: THIAGO SABINO. AUSENTES: VEREADOR RÉGIS SOM E GUARÁ DAS VOLUNTÁRIAS (NÃO VOTARAM). O Presidente da Câmara, Vereador Vicente de Paula Gomes que só vota em caso de empate, afirmou e pediu para constar em Ata que se votasse, votaria contra a matéria. Segundo o Presidente no entendimento dele, apesar de dar valor aos Assessores e Chefes de Gabinete, a matéria altera a Lei que já está aprovada e sobre a qual há questionamentos em processo movido pelo Ministério Público contra os Vereadores.

FERNANDO LÚCIO SE ANTECIPA E DIZ QUE VAI ENVIAR PROJETO EXTINGUINDO SECRETARIA DE JUSTIÇA



O Prefeito Fernando Lúcio Donzeles afirmou a reportagem do Jornal A Gazeta que estará enviando nos próximos dias para a Câmara Municipal Projeto de Lei extinguindo a Secretaria Municipal de Justiça. Segundo o Prefeito, como tanto o candidato Miguel Belmiro Júnior (Prefeito Eleito) e Sérgio Ribeiro (Candidato não eleito) tinha em suas propostas de governo a extinção da Secretaria de Justiça ele se antecipará e pedirá a Câmara ainda em seu mandato a extinção da pasta.
RELEMBRE A CRIAÇÃO DA SECRETARIA DE JUSTIÇA
Logo que assumiu o mandato em janeiro de 2013, Fernando Lúcio enviou para a Câmara Projeto de Lei criando a Secretaria Municipal de Justiça. A Secretaria foi criada para que seu genro, o Advogado Bruno Barros pudesse ser o Secretário, fato que causou enorme desgaste no Prefeito desde o início de sua gestão. O Projeto foi enviado para a Câmara e aprovado com folga, na época Fernando tinha maioria sólida no Legislativo e afirmara que a Secretaria seria para cuidar do PROCON, de questões jurídicas da Prefeitura e dos cidadãos, fatos que não se confirmaram no todo.
SECRETÁRIO PODEROSO E POLÊMICO
O Secretário Bruno Barros, esposo da filha mais velha do Prefeito assumiu a Secretaria e passou a ser o todo poderoso na administração de Fernando Lúcio tomando uma série de medidas consideradas impopulares. Lado outro a Secretaria de Justiça realizou alguns feitos importante como aumentar a arrecadação de impostos cobrando os contribuintes inadimplentes e atuando em recuperação de ativos do município.
SECRETÁRIO DE ADMINISTRAÇÃO
Bruno Barros desde o ano passado deixou a pasta da Justiça e passou a ser Secretário de Administração mas continua gozando de considerável prestígio junto ao Prefeito. A Câmara certamente vai aprovar a matéria e extinguir a Secretaria Municipal de Justiça, talvez uma das únicas com esta denominação que exista nos municípios brasileiros.

PROCURADOR JURÍDICO DA CÂMARA GARANTE QUE DEIXA O CARGO EM 31 DE DEZEMBRO


O Procurador Jurídico da Câmara Municipal de Além Paraíba, Doutor Emílio Augusto Matos da Rocha afirmou que deixará o Legislativo em 31 de dezembro próximo, término da atual Legislatura. Emílio está aposentado pela Câmara e foi convidado pela atual Mesa Diretora para que permanecesse no cargo, em função comissionada, até o que o concurso da Câmara se efetivasse e um novo Procurador assumisse o cargo. Após treinar o novo Procurador, Emílio deixaria a Câmara. Como o concurso ficou para ser realizado no ano que vem, Emílio entendeu ser melhor sair em dezembro. Ele afirmou que seu compromisso com a Mesa Diretora era para este ano, e esperava que o concurso se realizasse até dezembro. Deixando a Câmara, Emílio afirmou que vai Advogar no Escritório de Advocacia de seu filho, Ricardo Rocha ou se dedicará a prestar consultoria legislativa para as Câmaras que necessitarem, mas sem vínculo empregatício. Emílio, segundo fontes, não acelerou sua decisão por não pretender trabalhar para a nova Câmara que tem alguns nomes que não são de seu agrado. Emílio Augusto Matos Rocha é servidor da Câmara por 30 anos e uma das maiores autoridades em direito administrativo e direito público da região.

quinta-feira, 20 de outubro de 2016

SÃO ASSUSTADORES OS INDÍCIOS DE IRREGULARIDADES EM PRESTAÇÕES DE CONTAS DE ALGUNS CANDIDATOS ELEITOS E NÃO ELEITOS


Já está no Cartório Eleitoral de Além Paraíba o relatório de possíveis irregularidades nas prestações de contas de candidatos. As inconsistências maiores ocorreram em doações de candidatos a Vereador e foram detectadas pelo cruzamento de dados da Justiça Eleitoral e outros órgãos. Todas as possíveis irregularidades já estão nas mãos do Promotor que a principio intimará os envolvidos para esclarecimentos. Caso os esclarecimentos não sejam suficientes o Promotor poderá propor ações judiciais pedindo inclusive a cassação do mandato no caso dos eleitos ou a perda dos direitos políticos no caso dos não eleitos. O Jornal A Gazeta teve acesso aos relatórios considerando que se tratam de documentos públicos. Dezenas de candidatos vão ter de se explicar perante a Justiça Eleitoral. Existem dezenas de beneficiários do bolsa família, que recebem cerca de 90 Reais por mês, que doaram quantias consideráveis, outras pessoas doaram valores maiores que o permitido considerando que a pessoa física só pode doar um pequeno percentual do que declarou ao imposto de renda no ano anterior. Existem doações estimadas que são aquelas em que a pessoa doa serviços que também mostram indícios de irregularidades, outras inconsistências mostram que foram emitidas notas fiscais de serviços por empresas que estão inativas junto a receita federal, ou seja, se não estão em atividade não podem realizar serviços nem tampouco emitir nota fiscal. O Jornal A Gazeta optou, por se tratar de indícios de não publicar o nome dos candidatos cujas contas apontam irregularidades, preferindo aguardar que os esclarecimentos sejam prestados ao Ministério Público e a própria Justiça Eleitoral no momento em que as contas forem prestadas oficial (a data limite para entrega das contas é 1º de Novembro). Caso os indícios se transformem em ações judiciais o Jornal vai dar ampla publicidade. As irregularidades apontadas aparecem nas contas de candidatos eleitos e não eleitos. Os candidatos que ainda não foram intimados pela Ministério Público deveriam procurar o Cartório Eleitoral para ver as inconsistências e de ante mão preparar as justificativas. Vale ressaltar que existem casos escabrosos e que serão difíceis de esclarecimento ou justificativa plausíveis. 

quarta-feira, 19 de outubro de 2016

OUTUBRO ROSA: VOLUNTÁRIAS SOCIAIS SE REÚNEM E COMEMORAM A DOAÇÃO DE TERRENO PARA CONSTRUÇÃO DE SERVIÇO DE PREVENÇÃO AO CÂNCER DE PRÓSTATA

As Voluntárias Sociais de Além Paraíba (foto), mais importante instituição de prevenção ao câncer de mama em Além Paraíba se reuniram hoje, dia nacional de combate a essa terrível doença. As Voluntárias têm o que comemorar: A sede da entidade está concluída com aparelhagem moderna de mamografia, ultrasonografia, densitometria óssea e tomografia computadorizada. Todo esse equipamento foi conseguido graças a credibilidade das Voluntárias e o prestígio político da Vereadora Guaraciaba Germello de Marca (Guará das Voluntárias que junto de seu esposo, o Médico Maurício Lima de Marca, conseguiram além dos equipamentos também a verba para a construção da sede. A Câmara Municipal de Além Paraíba votou na segunda feira, 17 de outubro, o projeto de lei de autoria do Poder Executivo doando as Voluntária um terreno na Rua Primeiro de Maio, ao lado da Farmácia de Todos (Farmácia de Minas) para que nele seja construída a sede do serviço de prevenção ao câncer de Próstata. Esse era mais um sonho de Guará e das Voluntárias que começa a se realizar. No terreno a nova instituição se dedicará exclusivamente ao atendimento de homens e a realização de exames laboratoriais, de toque e de imagem para prevenção do câncer de próstata. Na verdade, além da prevenção as Voluntárias Sociais também fazem orientação e encaminhamento para aquelas que são diagnosticadas com nódulos e assim será também com os homens. Os médicos Maurício de Marca, Ailton Regazio, Maria do Céu Furtado, Ana Lúcia, Marcio Schettino e Elisabeth Bittencourt atendem as pacientes voluntariamente na sede das Voluntárias Sociais.
Tudo nas Voluntárias é gratuito. As mulheres que procuram a entidade participam de uma reunião (foto) onde tomam conhecimentos sobre a necessidade da prevenção do câncer de mama, auto exame, etc. Em seguida elas são encaminhadas para uma consulta médica e finalmente encaminhadas para os exames necessários (mamografia, ultrasonografia ou ambos) recebendo depois o laudo e as orientações necessárias. É um trabalho maravilhoso e de grande importância para Além Paraíba. Guará das Voluntárias, mais uma vez eleita Vereadora (mais votada) não esconde que além do serviço de prevenção ao câncer de próstata tem um sonho de trazer para a cidade um aparelho de ressonância magnética fazendo das Voluntárias um completo centro de diagnóstico por imagem. Não existe entidade assemelhada que preste tão relevante serviço nas cidades da região.

Assassinato ontem no Planeta II pode ser disputa por ponto de Drogas, diz Polícia Civil que garante que pelo menos 4 estão envolvidos no homicídio

No noite de 18 de outubro de 2016 foi morto a tiros, Luiz Carlos de Almeida Nóbrega Júnior, vulgo "Fera", 35 anos, residente no  bairro Planeta II (parte alta do Morro da Conceição. Luiz Carlos já chegou ao Hospital São Salvador sem vida e teria segundo informações sido baleado 3 vezes. Os tiros fatais teriam foram dados no pescoço e teriam atingido artérias importantes e a traquéia. 



Luiz (foto à esquerda) foi assassinado por Robert Fernandes das Neves, vulgo "Fubá",22 anos, morador do mesmo bairro (foto à direita). Segundo a Polícia Civil tanto "Fera" quanto "Fubá" tinham várias passagens policiais, já tendo inclusive cumprido penas por tráfico de drogas. A Polícia Civil também afirmou que existem outras pessoas envolvidas no homicídio e que o fato ocorreu por uma disputa por ponto de droga. Segundo vizinhos a desavença entre os dois é antiga. Na noite do último sábado, 15 de Outubro a casa de "Fera" recebeu vários tiros que teria sido disparados por "Fubá". O ocorrido foi o prenúncio da tragédia que aconteceu na noite de ontem. A Polícia Civil esteve no Planeta II na manhã de hoje fazendo levantamentos e o Delegado Thiago Couri afirmou que haverão prisões de todos os envolvidos. "Fubá" encontra-se foragido.



terça-feira, 18 de outubro de 2016

MIGUEL BELMIRO JÚNIOR E DR. PAULO PROMETEM CHOQUE DE GESTÃO ASSIM QUE ASSUMIREM


Um pessoa do grupo político do Prefeito eleito de Além Paraíba, Miguel Belmiro de Souza Júnior e de seu Vice Paulo Henrique Goldstein afirmou a reportagem do Jornal A Gazeta que a população vai se surpreender com a dupla logo que tomarem posse em primeiro de janeiro do ano que vem. Segundo nossa fonte Miguelzinho e Dr. Paulo estão analisando várias situações no Município e promoverão um verdadeiro choque de gestão tão logo assumam o governo. 
Concessionárias
As concessionárias de serviços estão na mira do Prefeito e Vive eleitos. A COPASA por exemplo terá sérios problemas por conta não ter iniciado a obra de tratamento de esgoto em Além Paraíba. Segundo a fonte, o novo Prefeito poderá exigir na justiça a rescisão do por quebra de contrato e ainda exigir judicialmente a devolução dos valores pagos pela população à COPASA para que esta fizesse a obra que por contrato já deveria estar concluída e nem começou a ser executada. Outra foco de Miguelzinho e Dr. Paulo é a empresa Viação 13 de Junho que presta serviço de transporte coletivo de passageiros no Município. O Prefeito eleito e o vice querem de imediato vistoria nos veículos para e o COMPLETO CUMPRIMENTO DO CONTRATO ASSINADO, o que se não ocorrer vai gerar sucessivas multas para a empresa até o momento em que o contrato seja também rescindido. O fim das concessões privilegiadas será também uma meta do novo Prefeito. A concessão privilegiada é aquela em que através de licitação uma só empresa preste determinado tipo de serviço como por exemplo o serviço funerário prestado em Além Paraíba por uma só empresa sem que outra possa prestá-lo.
Reduções
Como Miguelzinho não negociou cargos ou empregos com quem quer que fosse, segundo nossa fonte ele pretende montar um Secretariado eficiente e pretende reduzir o número de contratados e comissionados para que a folha de pagamento seja menor e sobre mais recursos para investimentos. 
Estilo do Pai
Apesar de ter 34 anos, ser extremamente popular e carismático, Miguel Belmiro de Souza Júnior tem o estilo do Pai em muitos aspectos. Educado, tem um temperamento forte e sabe o que quer. Seu falecido Pai quando Prefeito tomava medidas com firmeza e contrariou muitos interesses nunca antes tocados. Ao assumir a Prefeitura, em 1998, Dr. Miguel encontrou a cidade esburacada de ponta a outra - A COPASA trocava a tubulação de forma lenta. Assim que o então Gerente Regional da COPASA a época, Roberto Bretas veio conhecer o novo Prefeito foi recebido na porta do Gabinete com a seguinte frase: "Ou vocês consertam o calçamento em 30 dias ou eu rescindo o contrato com vocês." A COPASA não pagou pra ver, agilizou e concluiu a obra. Miguelzinho tem muito esse lado de seu Pai, ou seja vai agir até porque sua expressiva votação de mais de 13.000 votos lhe dão legitimidade para tomar as medidas que desejar logo que assumir.


quarta-feira, 12 de outubro de 2016

PROMOTOR ELEITORAL ABRE AÇÃO POR CRIME AMBIENTAL CONTRA CANDIDATOS QUE SUJARAM A CIDADE COM DERRAME DE "SANTINHOS" PRÓXIMOS DOS LOCAIS DE VOTAÇÃO

O Promotor Eleitoral de Além Paraíba, Dr. José Gustavo Guimarães da Silva afirmou no Programa Dauro Machado no dia 11 de Outubro de 2016 ingressou com ação por crime ambiental contra candidatos a Vereador e a Prefeito de Além Paraíba. O Promotor propôs a ação em contra aqueles que jogaram "santinhos" e outros materiais de propaganda eleitoral próximo dos locais de votação. Segundo Dr. José Gustavo o Ministério Público fez diligências nos locais e fotografou os "santinhos" jogados nas entradas das seções eleitorais. O Promotor não descartou durante sua fala que poderá ainda entrar com ação eleitoral por abuso de poder econômico contra os candidatos. Na ação por crime ambiental o Promotor pede que os acusados se condenados terão paguem multa de 10 mil Reais. A ação já está tramitando na comarca de Além Paraíba. O Promotor apresentou cópia da ação durante a entrevista que concedeu ao Jornalista, na Rádio CPN. Os nomes dos acusados na ação são os seguintes: Felipe Mendes Ferreira, Dione de Castro Miranda, Silvana Domingos, Débora Cristina Machado Silva, Jorge Luiz Ribeiro, Sérgio Roberto Paulino de Jesus, Aparecida de Lourdes Cardoso Soares, Victor Ângelo Correia Ribeiro, Simone Cruz Mateus, Francisco Antônio Nunes, Ronaldo Marques Sereno, Edilamar das Graças Cardoso Costa, Luciano Miranda de Faria, Luiz Augusto Pinto, Nilton Rodrigues de Souza, todos candidatos a Vereador, tendo alguns sendo inclusive sido eleitos. Se o leitor desejar pode assistir a entrevista completa do Promotor Eleitoral no canal TV Além Paraíba NET no Youtube clicando no seguinte link:  https://www.youtube.com/watch?v=NEQVmQ75bYo 

terça-feira, 11 de outubro de 2016

MORTO, BENEFICIÁRIO DE BOLSA FAMÍLIA, DESEMPREGADO: PRESTAÇÃO DE CONTAS DE CANDIDATOS DE ALÉM PARAÍBA TEM SÉRIAS INCONSISTÊNCIAS

Segundo o Promotor Eleitoral de Além Paraíba, Dr. José Gustavo Guimarães da Silva, os cruzamentos de dados das prestações de contas parciais de candidatos a cargos eletivos em Além Paraíba apresentam sérias inconsistências que indicam graves irregularidades. O Promotor não entrou em maiores detalhes até porque está aguardando a prestação final de contas que deve ocorrer até 30 dias depois das eleições. Sem citar nomes, o Promotor disse que há candidatos que receberam doações de campanhas em nome de pessoas já falecidas, outros receberam altas somas em dinheiro de pessoas beneficiadas pelo programa bolsa família e até mesmo pessoas que figuram no cadastro nacional de desempregados (CAGED) contribuíram com grandes quantias para candidaturas. Segundo o Promotor esses indícios demonstram o uso de "laranjas" ou seja, doações foram feitas em nome de terceiros e seus números de CPFs. O Promotor vai averiguar se os bondosos doadores sabiam ou não das doações. A orientação do Ministério Público Eleitoral em todo o País e do próprio Tribunal Superior Eleitoral é que as investigações sejam levadas a fundo e que os autores do uso de caixa dois ou "laranjas" sejam punidos com rigor. Caso seja constada irregularidade nas contas o candidato não fica impedido de tomar posse no cargo caso tenha sido eleito mas será processado criminalmente e no âmbito da Justiça Eleitoral que poderá inclusive cassar o mandato. O Promotor disse que todos os candidatos foram devidamente alertados que os sistemas da Justiça Eleitoral estavam interligados e que haveriam cruzamentos de dados. Segundo José Gustavo, como pode por exemplo alguém que é detentor do benefício de bolsa família doar altos valores para um candidato. As eleições 2016 prometem ainda fortes emoções. A conferir.

PROMOTOR ELEITORAL PROPÕE AÇÃO CRIMINAL POR FRAUDE ELEITORAL CONTRA A PREFEITA, VICE PREFEITO E CANDIDATO A VICE DE VOLTA GRANDE


A Prefeita de Volta Grande, Eliana Quintão, além  de ter perdido as eleições de 3 de outubro, de ter tido as contas rejeitadas pela Câmara Municipal responderá agora a uma ação criminal por cometimento de fraude no processo eleitoral. Quem afirma é o Promotor Eleitoral de Além Paraíba, Dr. José Gustavo Guimarães da Silva. Além de Eliana Quintão serão processados também o atual Vice Prefeito daquele Município, Celso Junqueira (Vereador eleito nas últimas eleições) e o candidato a vice de Eliana Quintão também derrotado. Em Volta Grande o grande vitorioso foi "Seu Jorge", um dos mais respeitados moradores daquele Município. 
Entenda o caso.
Em maio passado, prazo final para transferência de títulos de eleitores para outros Municípios, o Cartório Eleitoral de Além Paraíba detectou uma movimentação suspeita: Vários moradores do Goiabal, Morro do Cipó e adjacências estavam transferindo seus títulos para a cidade de Volta Grande. Logo veio a denúncia de que essas transferências estavam sendo "patrocinadas" pela Prefeita Eliana Quintão e seu grupo político de maneira a conseguir eleitores de "cabresto" para nela votar. As transferências eram pagas. As pessoas, na maioria pobres e desempregadas, recebiam uma importância em dinheiro para transferirem seus títulos para Volta Grande para endereços falsos. A Justiça Eleitoral fez diligências e encontrou por exemplo vários títulos registrados em um mesmo endereço. Alguns endereços dados eram de pessoas ligadas a Prefeita de Volta Grande ou mesmo eram terrenos sem qualquer edificação. O Promotor Eleitoral instaurou processo apuratório e ouviu dezenas de pessoas que ao final confessaram que, por dificuldade financeira aceitaram participar da fraude eleitoral. 
Ação proposta na véspera da eleição
No dia 1º de outubro o Promotor Eleitoral denunciou a Prefeita Eliana Quintão, o vice Prefeito Celson Junqueira e seu candidato a vice na eleição atual. Se condenada, Eliana Quintão e os demais denunciados perderão os direitos políticos, pagarão pesadas multas e há entendimentos que pode haver até mesmo pena de prisão.
Posso tudo
Conhecida pelo temperamento forte, Eliana Quintão era temida enquanto Prefeita de Volta Grande. Ela, segundo fontes, afirmava que quem está no poder, pode tudo e que para se reeleger faria o que fosse necessário, pelo que se vê, até mesmo tentar fraudar o processo eleitoral tirando de forma ardilosa e ilegal eleitores de Além Paraíba para nela votarem.
Agilidade sim, impunidade não!
A população de Volta Grande espera que a Justiça eleitoral, conhecida pela agilidade de seus procedimentos não demore a concluir o processo para que a Prefeita e os demais envolvidos sejam punidos nos rigores da Lei demonstrando assim que ninguém fica impune e que quem está no poder pode tudo, mas tudo que a Lei permite.


quinta-feira, 6 de outubro de 2016

EM MENOS DE UM MÊS MAIS UM ASSALTO A MÃO ARMADA EM FARMÁCIA DA CIDADE


Na noite de ante ontem, 4 de outubro de 2016, mais uma farmácia sofreu assalto à mão armada em Além Paraíba, em menos de 1 mês. Primeiro foi a Drogaria 18 de Julho e agora, a nova Drogaria instalada na proximidade da entrada da granja onde antes funcionava uma loja de pijamas e roupas de dormir recebeu a visita dos assaltantes. Os proprietários, dois jovens irmãos de Sumidouro, já colocaram a farmácia à venda e estão apavorados. Além de dinheiro e celulares outros itens foram roubados. Alguns proprietários de farmácias e drogarias da cidade que também tem serviços de correspondentes bancários recebendo depósitos, pagamentos e boletas estão desistindo de prestar essa conveniência, outros falam em manter fechadas as portas das farmácias de plantão atendendo os clientes apenas através de portinholas e há os mais radicais que entendem que a Câmara deve voltar a discutir a questão da Lei do plantão das farmácias para que não exista a obrigatoriedade de que pelo menos dois estabelecimentos permaneçam abertos até 22 horas. Os roubos acontecem mais à noite. A segurança pública de Além Paraíba apesar dos esforços e dedicação das polícias Civil e Militar passa por sérios problemas: são poucos policiais, poucas viaturas e outras questões de  logísticas. Apesar de ser obrigação do estado de Minas Gerais, o novo governo municipal deverá enfrentar de início o problema para tentar trazer de volta a antiga tranquilidade que se tinha na cidade.

terça-feira, 4 de outubro de 2016

PRESIDENTE DA CÂMARA ENCAMINHA OFÍCIO AO PREFEITO ELEITO MIGUEL BELMIRO JÚNIOR DETALHANDO AS FORMALIDADES DA POSSE E JÁ ENVIOU CORRESPONDÊNCIA AOS NOVOS VEREADORES


O Presidente da Câmara Municipal de Além Paraíba encaminhou ofício ao Prefeito eleito de Além Paraíba, Miguel Belmiro de Souza Júnior iniciando o processo de posse do mesmo que acontecerá em 1º de janeiro de 2017. Pela legislação , tanto o Prefeito, Vice e Vereadores eleitos têm ainda que cumprir etapas junto a Justiça Eleitoral como prestação de contas e Diplomação. A posse só acontece em janeiro de 2017 até porque possuir o Diploma de Eleito expedido pela Justiça Eleitoral é uma exigência da Lei. No ofício o Presidente da Câmara, como manda a tradição nos últimos anos, oferece uma das salas da Câmara Municipal (Plenarinho) para que o Prefeito eleito ali se instale com sua Comissão de Transição de Governo tão logo a mesma seja instalada. O Prefeito eleito pode ou não fazer uso de tal prerrogativa. O Presidente ainda informa ao Prefeito eleito que também pela tradição o horário da posse em 1 de janeiro de 2017 deve ser marcada por ele em comum acordo com a atual Mesa da Câmara Municipal. No ofício o Presidente informa resumidamente o rito de posse: Primeiramente, sob a Presidência do Vereador eleito mais idoso a Câmara Municipal abre Sessão Solene se auto empossa, em seguida é eleita a nova Mesa Diretora da Câmara Municipal de Além Paraíba quando então a primeira Sessão Solene é encerrada. A nova Mesa Diretora eleita de imediato e seguidamente abre nova Sessão Solene e dá posse ao Prefeito e Vice Prefeito que após dá posse a seus Secretários Municipais, Procurador do Município e Controle Interno. A solenidade de transmissão de cargo que acontece na sede da Prefeitura é geralmente organizada pela equipe do Prefeito que está deixando o poder mas não tem obrigatoriedade de acontecer desta forma ou mesmo de acontecer. Tão logo a Câmara emposse o novo Prefeito cessa o poder do Prefeito anterior. A Mesa Diretora ainda alertou em ofício ao Prefeito eleito que por mais agil que as solenidades de posse ocorram as sessões costumam levar entre 2 e 3 horas duração e recomenda que elas sejam realizadas ou pela manhã ou no início da noite. O Presidente da Câmara delegou ao Vice Presidente da Câmara, Vereador Dauro Machado, que tem sido o responsável pelo Cerimonial da Câmara a interlocução com o Prefeito eleito Miguel Belmiro Júnior para a organização da cerimônia. O Presidente da Câmara ainda solicita ao Prefeito eleito a devida atenção as questões colocadas no ofício para que a Câmara possa confeccionar os convites e preparar os demais ítens da solenidade de posse.

MESA DIRETORA JÁ COMEÇA A TOMAR AS PROVIDÊNCIAS PARA FINAL DE LEGISLATURA, ESVAZIAMENTO DE GABINETES E POSSE DE NOVOS VEREADORES


O Presidente da Câmara Municipal de Além Paraíba, Vereador Vicente de Paula Gomes junto do vice Presidente da Casa, Vereador Dauro Machado, deu início aos procedimentos para o término da Legislatura que se encerra em 31 de dezembro próximo e posse dos novos Vereadores. O Presidente publicou na tarde de hoje, 4 de outubro de 2016 uma "Portaria" normatizando a questão. A Portaria dirige-se aos Vereadores reeleitos (quatro parlamentares) do direito de permanecerem em seus gabinetes e aos demais, não reeleitos ou que não se candidataram estipula prazos para o esvaziamento dos Gabinetes, retirada das propriedades pessoais, esvaziamento (formatação) dos computadores, retiradas de papéis e documentos. A Portaria alerta que devem permanecer no Gabinete móveis e equipamentos que pertençam ao Legislativo. A Portaria também alerta que os Vereadores não reeleitos ou que não se candidataram podem "como lembrança" manter consigo as "carteiras funcionais" mais que devem levar as cédulas de identidade que existem em seus interiores até o Departamento de Recursos Humanos para que sejam devidamente marcadas com o carimbo de canceladas. Os Vereadores não reeleitos ou que não se candidataram devem entregar as chaves dos Gabinetes até 27 de dezembro de 2016, último dia útil de funcionamento da Câmara antes da posse dos eleitos em 1º de janeiro de 2017. 

COM SEU ESTILO QUE FAZ LEMBRAR MUITO O PAI, PREFEITO ELEITO DE ALÉM PARAÍBA, RECEBEU CUMPRIMENTOS EM SUA CASA, DEU ENTREVISTAS E AFIRMA QUE VAI TRABALHAR COMO NUNCA PARA A CIDADE


O Prefeito eleito de Além Paraíba, Miguel Belmiro de Souza Júnior e seu vice Paulo Henrique Marinho Goldstein passaram a tarde de ontem, 3 de outubro, recebendo telefonemas de cumprimentos e ainda visitas de pessoas próximas e apoiadores de campanha. Bem ao estilo de seu falecido Pai, Dr. Miguel Belmiro, Miguelzinho estava descontraído, na residência de sua mãe onde mora com familiares, sua esposa, filhos, mãe e irmãos. Trajando bermuda, camiseta de malha e chinelo de dedo, Miguel parecia ainda extasiado com a história eleição que fez dele o mais jovem Prefeito de Além Paraíba com votação superior a todas as recentes eleições. Miguelzinho e Dr. Paulo tiveram 13.534 votos enquanto o segundo colocado, o ex Prefeito Sérgio Ribeiro e seu vice Pablo Borges 6.849 votos. Foi uma vitória indiscutível. Miguelzinho recebeu a reportagem do Jornal A Gazeta e Rádio CPN e concedeu entrevista de pronto, falando de sua alegria pela vitória. Em certa ele alfinetou, dizendo que estava vestido como um "molequinho". Segundo ele, dentre os muitos boatos de campanha existe um de que foi dito por determinado candidato que "jamais perderia a eleição pra um moleque". Ciente de suas grandes responsabilidades, Miguelzinho disse que já está trabalhando e que inicialmente está preparando a comissão de transição para a assumir em primeiro de janeiro a Prefeitura de Além Paraíba. No que tange ao Secretariado ele manteve-se firme e disse que não existiam nomes previamente escolhidos e que agora, junto de seu grupo político vai montar o governo. Miguel também disse ainda que deverá viajar alguns dias para um breve descanso. No programa Dauro Machado o Prefeito eleito concede entrevista, as 10 horas.

segunda-feira, 3 de outubro de 2016

PREFEITO ELEITO DE ALÉM PARAÍBA CONCEDE ENTREVISTA (APENAS ÁUDIO) AO JORNALISTA DAURO MACHADO. OUÇA ENTREVISTA

O Prefeito Eleito de Além Paraíba, Professor Miguel Belmiro de Souza Júnior recebeu o Jornalista Dauro Machado em sua residência na tarde de hoje e concedeu entrevista exclusiva (apenas áudio). A entrevista será reproduzida amanhã no programa Dauro Machado da Rádio Cultura de Porto Novo mas pode ser ouvida aqui clicando no link abaixo. Feliz com a vitória, junto da esposa e de familiares, Miguelzinho falou de seus planos para governar a cidade a partir de janeiro.

domingo, 2 de outubro de 2016

MIGUELZINHO É O NOVO PREFEITO DE ALÉM PARAÍBA E CÂMARA SOFRE GRANDE MUDANÇA

Filho do ex Prefeito Miguel Belmiro de Souza, Miguelzinho foi eleito hoje o novo Prefeito de Além Paraíba tendo como vice o Delegado de Polícia Paulo Henrique Marinho Goldstein. A dupla governará a cidade até 31 de dezembro de 2020. Tendo como mote a renovação, Miguelzinho, um jovem Professor e diretor escolar conquistou o eleitorado de Além Paraíba. A vitória foi maior que a que Fernando Lúcio teve sobre Wolney Freitas no pleito de 2012. As eleições transcorreram calmamente em Além Paraíba e duas horas depois o resultado já era conhecido. A Câmara Municipal de Além Paraíba também sofreu grande mudança com novos nomes que integrarão o Poder Legislativo dentre eles o ex Prefeito Wolninho Freitas. Abaixo a relação dos eleitos. No programa Dauro Machado de amanhã, na Rádio Cultura maiores detalhes do resultado:

Miguelzinho............................13.534 votos
Sérgio Ribeiro ......................... 6.849 votos
Thiago Sabino..............................688 votos

01) Guará das Voluntárias........1.125 votos
02) Wolninho ...........................669 votos
03) David da Paz .....................604 votos
04) Rodrigo França..................546 votos
05) Reginaldo Régis Som........463 votos
06) Zico....................................457 votos
07) Tovinho..............................412 votos
08) Gerson Barreto.................. 411 votos
09) Chiquinho Marinópolis..... 395 votos
10) Johnny..................................358 votos
11) Polenta...............................336 votos
12) Mazinho.............................283 votos
13) Gilsinho.............................280 votos