CHEGAMOS A 1.000.000

CHEGAMOS A 1 MILHÃO DE ACESSOS. OBRIGADO;

terça-feira, 23 de outubro de 2018

Ministério Público de Juiz de Fora insiste em que Guardas Mirins entre 16 e 18 anos sejam demitidos ou realocados de função.

Segundo informações obtidas por nossa reportagem a Promotoria do Ministério do Trabalho em Juiz de Fora insiste que os Guardas Mirins de Além Paraíba que tenham entre 16 e 18 anos sejam DEMITIDOS ou realocados em empresas privadas para trabalharem como contínuos ou "office boys". Segundo apuramos o Ministério Público do Trabalho entende que manter os Guardas Mirins no estacionamento rotativo não é trabalho condizente para jovens entre 16 e 18 anos. A Lei estabelece normas para o trabalho de menores de 18 anos e veda o trabalho de menores de 16 anos. Segundo nossa fonte, a Guarda Mirim não terá outra medida que não seja a demissão de grande parte de seus quadros. A situação preocupa as famílias dos Guardas Mirins que estão em risco de perder o emprego, muito deles são arrimo de família com o meio salário mínimo que recebem. O  Ministério Público do Trabalho  tem mantido reuniões com a direção da Guarda Mirim que tem tentado sensibilizar o Promotor explicando que o trabalho é digno, tradicional na cidade e que os jovens são amparados além de terem seus direitos trabalhistas cumpridos corretamente. Se a situação não for resolvida a demissão dos Guardas Mirins é uma questão de tempo. É lamentável que a entidade que ampara tantos jovens que muitas vezes tem nela o primeiro emprego passe por esse tipo de situação. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.